top of page
  • CyberX

Tendências de ciberataques para 2023

O planeamento para a otimização das estratégias de segurança é primordial a ser feito ano após ano. A segurança cibernética é uma prática constante de desenvolvimento e os atacantes competem continuamente quando o assunto é inovação.


Sendo assim, a todo momento surgem novas formas de combater as ameaças e estar atento nas tendências de mercado que vão aparecendo é primordial para manter os dados da empresa sempre protegidos contra as ameaças cibernéticas, uma vez que independente do porte ou segmento que a organização possa ter, nenhuma está livre dos ataques cometidos por invasores. A segurança da informação existe para ser prioridade em qualquer empresa, caso contrário, as consequências serão terríveis.

Os ciberataques se intensificam gradativamente com a utilização de tecnologias aprimoradas, então é necessário implementar soluções modernas e eficazes para assegurar a segurança.


Para 2023, devem se destacar as algumas das seguintes tendências:

  1. Ransomware Nos últimos anos, tem havido uma tendência crescente de ataques de ransomware mais sofisticados e direcionados. Em vez de usar campanhas de spam em massa para distribuir o malware, os atacantes estão cada vez mais usando técnicas de engenharia social, phishing e exploração de vulnerabilidades específicas em software ou hardware usado por seus alvos. Além disso, os ataques de ransomware agora frequentemente incorporam táticas de "dupla extorsão", em que os atacantes roubam dados confidenciais do sistema da vítima antes de criptografar seus arquivos, ameaçando publicar os dados roubados se o pagamento do resgate não for feito. Uma outra tendência é que os ataques de ransomware estão se tornando cada vez mais complexos, com os criminosos usando técnicas mais avançadas de criptografia e métodos de ofuscação para evitar a detecção por soluções de segurança. Além disso, os ataques de ransomware estão se tornando cada vez mais frequentes em setores críticos, como saúde e educação. Esses setores, muitas vezes, têm sistemas de segurança menos sofisticados do que outras indústrias e podem ser mais suscetíveis a ataques de ransomware.

  2. Guerra cibernética apoiada pelos Governos Os ataques cibernéticos realizados por governos são uma tendência crescente e preocupante. Os governos têm o potencial de realizar ataques cibernéticos em outros países ou organizações para obter informações ou influenciar eventos políticos, militares e econômicos. Os ataques cibernéticos por governos são geralmente realizados por meio de grupos de hackers patrocinados pelo estado, que são treinados e financiados pelos governos para realizar operações de hacking em nome do estado. Esses grupos têm acesso a recursos significativos, como tecnologia de ponta e infraestrutura de rede avançada, o que os torna muito eficazes em seus ataques. Recentemente, temos como exemplo a guerra cibernética que também acontece entre Rússia e Ucrânia. Estes ataques incluem a interrupção de serviços críticos, a espionagem industrial, o roubo de informações confidenciais e a sabotagem de infraestrutura crítica, como a rede elétrica, o sistema financeiro e o transporte público.

  3. Serviços em “nuvem” A vulnerabilidade na nuvem prossegue como uma das maiores tendências do setor que envolve a segurança cibernética. Os serviços em nuvem proporcionam inúmeros benefícios como economia de custos, escalabilidade e eficiência, mas também são o principal alvo dos cibercriminosos. A segurança preditiva possui utilidade na identificação das ameaças antes da ação destes criminosos, podendo perceber quais passam pela segurança de outros endpoints.

  4. Blockchain como Serviço (BaaS) É considerada uma inovação na área e vem se tornando uma aliada importante na garantia de uma proteção maior para as empresas. A BaaS fornece um banco de dados descentralizado que traz confiabilidade para que nenhum grupo ou indivíduo tenha acesso às informações além do rastreio autorizado de quem possa ter acessado determinadas informações. Assim, é possível que violações de dados sejam evitadas. Para a realização desse processo deve-se usar um provedor robusto, pois algumas soluções BaaS são mais seguras e completas do que outras existentes. Uma empresa provedora de serviços de TI deve ser incluída ao processo para que o sistema seja implementado corretamente.

  5. Carros Inteligentes Os carros inteligentes, ou veículos conectados, estão se tornando cada vez mais comuns e oferecem muitos benefícios, como maior eficiência e segurança. No entanto, esses veículos também apresentam riscos de segurança cibernética, pois estão conectados à Internet e possuem muitos sistemas eletrônicos integrados. Os ataques a carros inteligentes podem ser realizados de várias maneiras. Por exemplo, atacantes podem invadir o sistema do veículo por meio de uma conexão Wi-Fi ou Bluetooth, ou podem usar técnicas de engenharia social para obter acesso ao veículo. Uma vez dentro do sistema do veículo, podem assumir o controle, acessar dados pessoais do proprietário, desativar o sistema de segurança ou roubar informações do carro. Um exemplo recente de ataque a carro inteligente ocorreu em 2021, quando foi descoberto um problema de segurança no aplicativo móvel de um carro conectado que permitia que hackers roubassem informações do carro e controlassem funções, como ligar ou desligar o motor e abrir ou fechar as portas.

  6. Inteligência Artificial (IA) As empresas cada vez mais desfrutam da Inteligência Artificial para aprimorar a infraestrutura de segurança. Essencial na construção de sistemas automatizados de segurança, processamento de linguagem natural, descoberta de rosto e detecção automática de ameaças. Possibilita que as vastas quantidades de risco sejam analisadas em um ritmo mais rápido que beneficia tanto as grandes empresas que lidam com extensa quantidade de dados, quanto para pequenas e médias empresas cujas equipes de segurança podem estar com poucos recursos.

  7. Machine Learning (ML) O Machine Learning permite mais simplicidade para a segurança cibernética, eficiência, e menos dispendiosa. Diante de um rico conjunto de dados, o ML desenvolve padrões que são manipulados com algoritmos. Assim, é possível antecipar e responder ataques ativos em tempo real. Essa tecnologia vai depender desses tipos de dados para que algoritmos eficazes sejam produzidos. Eles devem vir de todos os lugares e representar o maior número possível de cenários. A implementação do ML viabiliza que os sistemas de segurança cibernética analisem os padrões de ameaças e aprendam os comportamentos dos atacantes. Isso impede que ataques semelhantes venham a ocorrer futuramente, além de reduzir o tempo necessário para que os especialistas da área executem tarefas de rotina.

  8. IoT e 5G A Internet das Coisas (IoT) e a rede 5G apresentam um grande potencial de inovação e progresso, mas também oferecem novas oportunidades para ataques cibernéticos, já que essas tecnologias estão se tornando cada vez mais comuns em nossas vidas cotidianas. Uma das principais preocupações de segurança para dispositivos IoT e redes 5G é a falta de medidas de segurança adequadas para esses sistemas. Muitos dispositivos IoT são fabricados com poucas medidas de segurança e muitos utilizadores não se preocupam em atualizar regularmente o firmware do dispositivo. Isso significa que eles estão vulneráveis a ataques cibernéticos, como ataques de botnet e ataques de negação de serviço (DoS). Com o advento da rede 5G, espera-se que haja um aumento na quantidade e na complexidade dos dispositivos IoT que se conectam à rede. No entanto, isso também pode aumentar a superfície de ataque para os criminosos cibernéticos, já que muitos desses dispositivos são projetados sem as medidas de segurança adequadas.

O melhor caminho para que qualquer tipo de problema ou prejuízo para as empresas, é se antecipar contra as ameaças virtuais. A introdução de novas tecnologias e soluções não deve ser vista como um gasto, e sim como um investimento na preservação da segurança da informação da sua empresa.


Lembrando que podem existir inúmeras outras tendências, entretanto, as que apresentamos acima são referentes à nossa análise.


Gostou do nosso post? Fiquem ligad@s para mais novidades!



6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page