top of page
  • CyberX

Segurança em Transações Online

Atualizado: 15 de jun. de 2023

Com o crescimento exponencial do comércio eletrônico e a popularização dos sistemas de pagamento digital, a segurança se tornou uma preocupação fundamental. A capacidade de realizar transações financeiras de forma rápida e conveniente atrai consumidores e empresas, como também a atenção de criminosos cibernéticos em busca de oportunidades para explorar vulnerabilidades.


Atualmente a importância da segurança em sistemas de pagamento digital é de extrema relevância, em razão da tecnologia desempenhar um papel central em nossa vida cotidiana. Garantir a proteção das informações financeiras e pessoais dos usuários devido a crescente popularidade e adoção dos pagamentos digitais e transações online é fundamental.

Porque é importante?


Abaixo, estão alguns motivos pelas quais a segurança deve fazer parte dos sistemas de pagamento digital:

  1. Proteção dos dados do usuário: Os sistemas de pagamento digital lidam com informações confidenciais, como números de cartões bancários, senhas e dados pessoais dos usuários. A segurança adequada é necessária para proteger esses dados contra invasões e acessos não autorizados. Isso envolve a criptografia dos dados durante a transmissão, armazenamento seguro e adoção de práticas robustas de segurança para prevenir violações.

  2. Prevenção de fraudes: Os sistemas de pagamento digital estão constantemente sob ameaça de atividades fraudulentas, como clonagem de cartões, roubo de identidade e ataques cibernéticos. A segurança efetiva deve incluir mecanismos de detecção e prevenção de fraudes, como monitoramento de padrões suspeitos, autenticação em duas etapas e sistemas de análise de dados para identificar comportamentos inautênticos.

  3. Construção da confiança do usuário: A segurança é um fator muito importante para a confiança dos usuários em um sistema de pagamento digital. Quando eles confiam que suas informações estão protegidas e que os pagamentos são seguros, se sentirão mais confortáveis em realizar transações online. A confiança é um elemento-chave para o crescimento e sucesso de qualquer plataforma de pagamento digital.

  4. Conformidade com regulamentações: Os sistemas de pagamento digital devem aderir a um conjunto de regulamentações e padrões de segurança estabelecidos pelas autoridades competentes. A conformidade com essas regulamentações assegura a integridade e a segurança dos dados financeiros dos usuários.

  5. Responsabilidade das empresas: As empresas que oferecem serviços de pagamento digital têm a responsabilidade de implementar medidas de segurança adequadas. Isso inclui investir em tecnologias atualizadas, realização de testes de segurança regulares, educação dos usuários sobre práticas seguras e responder prontamente a qualquer incidente de segurança.

A segurança em sistemas de pagamento digital é um aspecto crítico para a adoção e sucesso contínuo dos pagamentos digitais. Tanto as empresas quanto os usuários devem estar atentos a ela e ter maneiras que irão proteger as informações financeiras deles próprios em um ambiente cada vez mais conectado.


Algumas das ameaças


Os sistemas de pagamento digital por facilitarem significativamente a vida das pessoas, permitindo pagamentos rápidos e convenientes, abriram portas para diversas ameaças cibernéticas. São elas:

  • Falhas de segurança nas próprias plataformas de pagamento: As plataformas de pagamento digital podem apresentar vulnerabilidades de segurança, como falhas de autenticação, bugs ou configurações inadequadas. Essas vulnerabilidades são exploradas pelos hackers para ter a entrada não autorizada.

  • Ataques de phishing: E-mails falsos ou mensagens de texto que possuam aparências de comunicações legítimas de empresas de pagamento digital podem ser enviadas pelos golpistas para enganar os usuários a revelarem informações particulares ou clicarem em links prejudiciais.

  • Uso não autorizado de contas: Com a entrada não permitida a contas de pagamento digital através de técnicas de hacking ou roubo de credenciais de login, os criminosos conseguem fazer as transações em benefício deles.

  • Malware e ataques de ransomware: Malware é um software malicioso com a intenção de roubar informações ou causar danos a sistemas de computador. Já o ransomware, é uma forma de malware que criptografa os arquivos de um usuário e exige um resgate para restaurar o acesso. Esses ataques comprometem a segurança dos sistemas de pagamento.

  • Fraude de cartão de crédito: Ocorre quando os dados do cartão são roubados e usados na realização de compras não autorizadas. Os sistemas de pagamento digital estão sujeitos a esse tipo de fraude, especialmente se as medidas de segurança forem inadequadas.

As ameaças em sistemas de pagamento digital são um problema contínuo e para lidar com elas, é preciso da conscientização dos usuários e adquirir práticas de segurança eficazes, que irão ajudar a minimizar os riscos e as transações serem feitas sem nenhum risco. No entanto, deve-se estar sempre atento para as novas ameaças e evoluções tecnológicas que possam exigir medidas adicionais de proteção.


Desafios


É enfrentado uma série de desafios relacionados à segurança dos sistemas de pagamento digital devido à natureza das transações financeiras feitas no meio online. A seguir, os principais desafios:

  1. Vazamentos de dados e violações de segurança: Na hipótese de uma violação de segurança, os dados dos usuários que são informações sobre eles como detalhes pessoais e financeiros, tendem a sofrer uma exposição. O resultado é a perda financeira, a identidade roubada e danos à reputação da plataforma de pagamento digital.

  2. Autenticação imprópria: Senhas fracas, autenticação de dois fatores não implementada ou mal configurada e a falta de verificações de identidade podem permitir que contas de usuários verdadeiros sejam invadidas.

  3. Falta de conscientização do usuário: Muitas vezes os usuários não estão cientes dos riscos de segurança associados ao uso de sistemas de pagamento digital. Isso pode levar a comportamentos negligentes, como o compartilhamento de senhas ou a instalação de aplicativos suspeitos, o que aumenta a vulnerabilidade a ataques cibernéticos.

  4. Transações fraudulentas: Como os sistemas de pagamento digital são alvos de fraudes, os criminosos estão constantemente procuram maneiras de contornar as medidas de segurança para obter acesso aos fundos das vítimas, que geralmente são o uso de cartões de crédito roubados, transações não autorizadas e atividades suspeitas.

  5. Roubo de identidade: Os criminosos, na intenção de se passarem pelas vítimas, conseguem o acesso às informações confidenciais. Eles obtêm as tais informações através de técnicas como phishing, malware ou violações de dados.

  6. Ausência de criptografia e segurança de dados: A transmissão de dados em sistemas de pagamento digital requer criptografia para proteger as informações durante a transmissão. Se a criptografia não for implementada adequadamente ou se tiver falhas de segurança, os dados são interceptados e comprometidos.

Medidas de Proteção


Para garantir a proteção de informações particulares, prevenir fraudes e estabelecer a confiança, é essencial implementar medidas robustas que manterão os dados e as transações financeiras sob nenhum risco. Abaixo, algumas das principais adotadas em sistemas de pagamento digital:

  • Criptografia: É usada para proteger a comunicação entre o dispositivo do usuário e o servidor do sistema de pagamento. Garante que os dados sejam transmitidos de forma segura e não sejam interceptados ou lidos por quem não está autorizado.

  • Certificados SSL: Os sistemas de pagamento digital utilizam certificados SSL (Secure Sockets Layer) para estabelecer uma conexão segura entre o navegador do usuário e o servidor do sistema de pagamento. Certifica-se portanto, que as informações transmitidas estejam criptografadas e protegidas contra interceptação.

  • Autenticação de dois fatores (2FA): Adiciona uma camada extra de segurança exigindo que os usuários forneçam duas formas de identificação para acessar uma conta ou concluir uma transação. Geralmente, envolve algo que o usuário saiba (senha) e o que o usuário possui (por exemplo, um código enviado por SMS ou um aplicativo de autenticação).

  • Monitoramento em tempo real: Sistemas de pagamento digital incluem monitoramento em tempo real para constatar atividades suspeitas ou fraudulentas. Abrange a análise de padrões de transações, detecção de comportamentos anormais e sistemas de detecção de intrusões.

  • Tokenização: É uma técnica que substitui as informações particulares por um token único. O token é usado nas transações, em vez dos dados reais do cartão, reduzindo o risco de exposição de informações confidenciais.

  • Atualizações e patches de segurança: Os sistemas de pagamento digital devem ser mantidos atualizados com os últimos patches de segurança e atualizações de software para mitigar vulnerabilidades conhecidas. Isso inclui manter os sistemas operacionais, aplicativos e componentes de segurança funcionando muito bem.

  • Proteção contra ataques de força bruta: Medidas de segurança, como limites de tentativas de login e bloqueio de contas temporariamente após várias tentativas fracassadas, ajudam a prevenir ataques de força bruta, nos quais os invasores tentam adivinhar senhas ou informações de autenticação.

Essas são apenas algumas das medidas de segurança que são exercidas em sistemas de pagamento digital. As empresas e provedores de serviços financeiros devem assumir uma abordagem abrangente de segurança, combinando múltiplas camadas de proteção que irão garantir a integridade e a confidencialidade das transações e dos dados dos usuários.


Em resumo, a segurança em sistemas de pagamento digital é imprescindível para os dados dos usuários estarem protegidos e as transações financeiras serem feitas com total confiabilidade e segurança. A implementação de fortes medidas para fortalecê-la auxilia na mitigação dos ataques cibernéticos. Ao priorizar a segurança, os sistemas de pagamento digital podem proporcionar aos usuários uma experiência tranquila e confiável, promovendo a adoção contínua e o crescimento desse tipo de serviço.


Você já foi vítima de um ataque contra seus cartões de crédito enquanto fazia compras online? Conte-nos abaixo!

1 visualização

Comentarios


bottom of page