top of page
  • CyberX

Dark Web: A Camada Secreta da Internet

A Dark Web é uma parte da Internet que é acessada usando redes privadas e criptografadas, como o Tor (The Onion Router), que permite que os usuários naveguem anonimamente sem deixar rastros. A Tor foi originalmente desenvolvida para proteger a privacidade e a segurança dos usuários, mas também tem sido utilizada para autorizar a conexão à sites que não estão disponíveis na Internet aberta.


É através da Dark Web que hackers, golpistas e outros criminosos se escondem para realizar suas atividades, como crimes financeiros, por exemplo. Embora ofereça anonimato e privacidade para seus usuários, ela não é um lugar seguro, por ser considerada uma rede obscura da Internet. Os usuários correm o risco de se tornarem vítimas de golpes ou fraudes e serem rastreados por autoridades policiais.


Diferença entre Dark Web e Deep Web


A Deep Web e a Dark Web são duas áreas distintas da Internet que não podem ser acessadas através de motores de busca comuns, como o Google. Ambas as redes são frequentemente associadas à atividades ilegais e criminosas, mas há diferenças significativas entre elas. Abaixo, algumas das diferenças:

DARK WEB

DEEP WEB

Parte da internet que só pode ser acessada através do navegador Tor. Intencionalmente oculta e inacessível através de navegadores tradicionais.

​Parte da internet que não pode ser acessada através de motores de busca convencionais, como o Google ou Bing.

​Frequentemente associada a atividades ilegais, como tráfico de drogas, venda de armas, pornografia infantil e outras atividades criminosas.

Composta principalmente por sites legítimos que não são indexados pelos motores de busca.

​Não é acessível através de ferramentas de busca padrão.

​Inclui sites que exigem login e senha para acessar, bancos de dados privados, sites de comércio eletrônico que não estão indexados pelos motores de busca, entre outros conteúdos.

Ambos são partes distintas e separadas da internet, com propósitos e riscos diferentes. Enquanto a Deep Web é uma parte importante da Internet que pode ser acessada legalmente e usada para fins legítimos, a Dark Web é uma área clandestina e perigosa, onde atividades ilegais e criminosas podem ocorrer.


Como Funciona


Os sites legítimos que fazem parte da Dark Web são geralmente criados por quem deseja manter o que for particular a si próprio, assim como a sua segurança na Internet. São pessoas com a função de jornalistas investigativos, ativistas políticos e defensores da privacidade.

Fonte: Incognito Forensic Foundation

Esses sites fornecem informações importantes que não estão disponíveis publicamente na internet normal, bem como serviços e produtos que não são legalmente comercializados em alguns países.


Sendo assim, é possível encontrar autênticos sites na Dark Web, que fornecem serviços e informações de forma segura e anônima. Alguns exemplos incluem:

  1. The Intercept: Site de jornalismo investigativo que tem notícias sobre política, direitos civis, privacidade e outras questões importantes.

  2. Sci-Hub: Site com acesso gratuito a artigos científicos que normalmente seriam pagos.

  3. The Hidden Wiki: Site que funciona como um diretório da Dark Web, listando vários sites e serviços disponíveis na rede.

  4. Blockchain: Site de informações sobre criptomoedas e tecnologia blockchain.

  5. ProPublica: Site de jornalismo investigativo com reportagens sobre assuntos importantes e controversos.

  6. DuckDuckGo: Mecanismo de pesquisa que proporciona privacidade e anonimato ao usuário.

Para acessá-los, é necessário possuir o navegador Tor e saber o endereço do site específico. Geralmente, são endereços são difíceis de lembrar e contêm uma série de letras e números aleatórios, são sites com acesso por meio de endereços exclusivos, que terminam em .onion. Muito cuidado ao navegar na Dark Web, pois também existem sites ilegais e perigosos que podem colocar a segurança em risco a segurança de quem utiliza.


As transações financeiras feitas na Dark Web costumam ser realizadas através de criptomoedas, o que torna difícil o rastreio do dinheiro em caso de fraude.


Riscos

Devido à natureza criptografada da Dark Web, é difícil para as autoridades localizarem e reconhecerem quem realiza as tais atividades. No entanto, a navegação pode ser arriscada, pois estarão expostos a ameaças cibernéticas, como malwares, phishing e outros tipos de ataques. É importante ter cuidado ao navegar na Dark Web e proteger sua identidade e informações pessoais.


Por mais que nem tudo seja ilegal, existem riscos associados à Dark Web. São eles:

  1. Crime cibernético: A Dark Web é conhecida por ser um refúgio para atividades criminosas, como por exemplo os que envolvem a segurança cibernética.

  2. Hacking: A Dark Web é frequentemente usada por hackers para vender informações roubadas, como senhas e números de cartões de banco.

  3. Vírus e malware: Muitos sites na Dark Web contêm vírus e malware, que causam infecção no danos ao computador.

  4. Ataques de phishing: Hackers na Dark Web frequentemente usam técnicas de phishing para enganar os usuários e roubar suas informações financeiras e pessoais.

  5. Golpes: Diversos sites na Dark Web concedem serviços e produtos errôneos e, portanto, difícil será a identificação da autenticidade de cada um.

  6. Vigilância: O uso da Dark Web pode atrair a atenção de agências governamentais e órgãos de segurança, que provavelmente monitoram a atividade na rede.

Para navegar com segurança na Dark Web, precisa-se de muita cautela com relação a proteção do que for pessoal ao usuário, incluindo a sua identidade. Abaixo, precauções a serem tomadas:

  • Utilizar uma VPN e o navegador Tor: Auxilia na ocultação do endereço IP do usuário e a sua identidade mantida em segurança enquanto está conectado na Dark Web.

  • Não clicar em links desconhecidos e nem baixar arquivos do gênero: Os links podem direcionar para sites maliciosos que roubam as informações pessoais e infectar o computador de quem usa a Dark Web, ainda mais com os arquivos baixados que podem ter malware.

  • Evitar compartilhar informações pessoais: Nome verdadeiro, endereço, senhas e outros, jamais divulgadas enquanto a Dark Web está sendo acessada.

  • Não confiar em sites que pedem dinheiro antecipado: Existem diversos sites na Dark Web que fazem essa ação em troca de serviços, mas geralmente são falsos.

  • Não fazer negócios com pessoas que não se conhece: Fazer negócios na Dark Web é arriscado, por terem pessoas envolvidas em atividades proibidas lá.

  • Manter seu software antivírus e antimalware atualizado: Computador protegido contra os ataques que podem surgir com o acesso na Dark Web, como por exemplo o malware.

Em resumo, a Dark Web é um espaço digital obscuro e perigoso que oferece inúmeras ameaças à segurança dos usuários. Embora possa ser tentador explorá-la por curiosidade, é importante lembrar que o acesso à Dark Web pode levar a consequências graves e irreparáveis.


Já conhecia a Darkweb? Deixe seu like e comente o post!

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page