top of page
  • CyberX

Criptografia: a chave para a segurança digital

A criptografia é um método que visa a segurança dos dados confidenciais através de uma linguagem secreta que codifica as informações tornando-as ilegíveis a pessoas não autorizadas por não possuírem a chave de decodificação. O acesso e leitura destas informações é somente permitido aos reais destinatários e remetentes.


Essa tecnologia quando utilizada corretamente, assegura a integridade, confidencialidade, evitando que os dados sejam adulterados e lidos por pessoas não autorizadas.


A técnica para as informações serem codificadas constitui a mudança dos dados legíveis por uma saída criptografada aplicando um algoritmo e uma chave que garantem toda a proteção no ambiente cibernético. Porém, a escolha de um algoritmo dependerá das necessidades da segurança como também do tamanho dos dados que serão codificados.


Na criptografia existem alguns modelos a serem seguidos que contribuem para o avanço de diferentes soluções. No entanto, apenas dois são considerados principais e possuem seus respectivos propósitos, são eles:


· Criptografia Simétrica: Inclui o uso de uma única chave do qual o remetente e o destinatário realizam a cifragem e a decifragem das informações.

Fonte: SSL2Buy


· Criptografia Assimétrica: São utilizadas duas chaves distintas e se torna um adicional de segurança que reforça a proteção dos dados. A primeira chave denominada “chave pública”, tem como objetivo criptografar os dados e pode ser trocada com qualquer pessoa, independente da rede que estiver. A segunda chave, essa sendo particular, contém elementos sobre como as mensagens são descriptografadas.

Fonte: SSL2Buy


Alguns exemplos de Criptografia


Note que estes são apenas alguns exemplos de criptografia simétrica e assimétrica disponíveis, existem outras técnicas e algoritmos também utilizados dependendo da necessidade de segurança, desempenho e compatibilidade.


Exemplos de criptografia simétrica:

  • AES (Advanced Encryption Standard);

  • DES (Data Encryption Standard);

  • Blowfish;

  • Twofish;

  • RC4 (Rivest Cipher 4).


Exemplos de criptografia assimétrica:

  • RSA (Rivest-Shamir-Adleman);

  • ECC (Elliptic Curve Cryptography);

  • DSA (Digital Signature Algorithm);

  • DH (Diffie-Hellman);

  • ElGamal.

Vantagens e Desvantagens


Ambas as técnicas têm suas vantagens e desvantagens e são frequentemente usadas em conjunto para garantir a segurança dos dados. A criptografia assimétrica é particularmente útil para a autenticação e a troca segura de chaves, enquanto a criptografia simétrica é mais eficiente para a proteção de grandes volumes de dados.


Vantagens da criptografia simétrica:

  1. Chave única facilita a implementação e a gestão;

  2. Processamento mais rápido devido a menor complexidade;

  3. Ideal para proteger grandes volumes de dados.

Desvantagens da criptografia simétrica:

  1. A chave deve ser partilhada de forma segura entre as partes envolvidas;

  2. Se a chave for comprometida, os dados também estarão comprometidos;

  3. Não fornece uma maneira confiável de autenticação das partes envolvidas.

Vantagens da criptografia assimétrica:

  1. Chave pública e privada garantem a autenticidade e a integridade dos dados;

  2. Não é necessário compartilhar a chave privada, o que aumenta a segurança;

  3. Fornece uma maneira confiável de trocar chaves secretas.

Desvantagens da criptografia assimétrica:

  1. Maior complexidade e processamento mais lento;

  2. Chaves devem ser geradas e gerenciadas com cuidado;

  3. Pode ser mais difícil de implementar e gerenciar devido à necessidade de duas chaves.


Em conclusão, a criptografia é uma ferramenta crucial na segurança da informação, permitindo proteger dados e comunicações de acesso não autorizado. Existem dois tipos principais de criptografia: simétrica e assimétrica. A criptografia simétrica utiliza uma única chave para cifrar e decifrar dados, enquanto a criptografia assimétrica utiliza duas chaves, uma pública e outra privada.


Ambos os tipos de criptografia têm suas vantagens e desvantagens, e é comum usá-los em conjunto para garantir a segurança dos dados. É importante mencionar que existem muitos algoritmos diferentes disponíveis para uso, e a escolha certa dependerá das necessidades específicas de segurança, desempenho e compatibilidade. Como a tecnologia evolui, é importante estar ciente das tendências e avanços na criptografia para garantir a segurança contínua dos dados.

13 visualizações

Comentarios


bottom of page