top of page
  • CyberX

Ataques de Injeção de SQL

Atualizado: 25 de abr. de 2023

A segurança dos sites é um dos maiores temores dos proprietários e desenvolvedores. Embora diversas medidas de segurança sejam implementadas, os ataques de injeção de SQL representam uma grande ameaça.


O que é SQL


A sigla SQL (Structured Query Language), é traduzida para o português como linguagem de consulta estruturada. É uma linguagem de programação da qual diversas operações em banco de dados são exercidas, como inserção, atualização e exclusão de dados, bem como a seleção dos que forem específicos para análise. Alguns exemplos incluem:

  • MySQL;

  • Oracle;

  • SQL Server;

  • Entre outros.

A partir desta linguagem, se cria, modifica e gerencia bancos de dados, tabelas, índices e outras estruturas relacionais. Além da permissão para examinar dados de várias tabelas e combinar informações de diferentes fontes de dados em uma única consulta.


Nas aplicações, o SQL é constantemente aplicado, para que as empresas gerenciem grandes volumes de dados de forma eficiente. É amplamente usado em todo o mundo, e considerado uma das habilidades mais importantes para profissionais de bancos de dados e desenvolvedores.


Como Alguns Ataques Acontecem


Os ataques de injeção de SQL ocorrem geralmente quando uma aplicação não sanitiza adequadamente as entradas fornecidas pelo usuário antes de enviar uma consulta SQL ao banco de dados.


Abaixo, as categorias mais comuns destes ataques:

  1. Injeção de SQL baseada em cookies: Técnica maliciosa em que um código SQL mal-intencionado é inserido em um cookie enviado ao servidor web. Quando o servidor recebe o cookie, ele pode executar o código sem validação adequada, o que gera uma série de problemas de segurança, como vazamento de dados, modificação ou exclusão de dados, e até mesmo o controle completo do banco de dados pelo invasor.

  2. Injeção de SQL baseada em entrada de usuário: O método mais comum de ataque de SQL. Nele, o criminoso cibernético consegue verificar vulnerabilidades em formulários da web e outros campos de entrada para que o código SQL que estará no banco de dados seja infiltrado.

  3. Injeção de SQL baseada em cabeçalhos HTTP: É possível injetar código SQL em cabeçalhos HTTP, como User-Agent ou Referer. Assim que servidor recebe a solicitação HTTP, o código é exercido no banco de dados.

  4. Injeção de SQL baseada em arquivos: Quando o servidor processa esses arquivos, o código SQL é executado no banco de dados.

Fonte: Spanning

Quando o criminoso cibernético injeta código falso na consulta, é possível que ações prejudiciais sejam realizadas, como se conectar com dados particulares, modificá-los ou excluí-los e também, assumir o controle do sistema. Dessa maneira, a vítima não consegue saber que está sendo atacada.


Algumas das Consequências


As consequências causadas por um ataque podem variar de leves a graves, dependendo da natureza do ataque e da sensibilidade dos dados envolvidos. Eles incluem:

  1. Modificação ou exclusão de dados críticos, como registros de transferências financeiras, arquivos de log ou dados de clientes, o que gera a perda de informações valiosas;

  2. Comprometimento da integridade do sistema, como a inserção de código malicioso para o sistema ser controlado, informações roubadas e outras atividades mal-intencionadas serem executadas;

  3. Danos a reputação, pois clientes e usuários perdem a confiança na aplicação ou na empresa que o mantém;

  4. Interrupção dos serviços, como a sobrecarga do servidor de banco de dados ou a parada do acesso a aplicação, levando a perda de possíveis negócios;

  5. Entrada não autorizada ao que for confidencial sobre o que é pessoal e financeiro do usuário.

Fonte: Xkcd cartoon

Como se Prevenir


Para se prevenir contra os ataques de SQL, as organizações precisam de práticas eficazes de segurança cibernética, tais como:

  • Validar todas as entradas do usuário: Devem ser aprovadas e filtradas antes de serem utilizadas em consultas SQL. Os desenvolvedores precisam estar atentos para não confiar nas entradas do usuário, mesmo que elas se caracterizem como legítimas.

  • Realizar regularmente testes de segurança: Testes de segurança feitos de forma regular em sistemas e aplicativos com o objetivo de identificar e corrigir possíveis vulnerabilidades antes que sejam exploradas por hackers.

  • Usar prepared-statements: Técnica de programação que impede que os invasores insiram comandos maliciosos nessa consulta, pois são interpretadas como texto, e não queries.

  • Limitar os privilégios dos usuários: Apenas os privilégios necessários para as tarefas serem realizadas. Isso minimiza o risco de um hacker usar uma conta de usuário comprometida para se conectar com informações particulares.

  • Manter atualizado o software: Sistemas e software em atualização sempre que necessário com as últimas correções e patches de segurança para evitar que os criminosos cibernéticos investiguem vulnerabilidades conhecidas.

Com o uso dessas práticas, as empresas reprimem consideravelmente as ameaças de ataques de injeção de SQL, além de proteger seus dados e sistemas.


Para concluir, os ataques de injeção de SQL trazem graves resultados para a segurança do site e a privacidade do usuário. Devem ser evitados através de abordagem multifacetada que inclui a implementação de segurança em vários níveis, como na codificação, na rede e no servidor. Treinamentos de segurança para os desenvolvedores e monitorar constantemente seus sistemas para detectar e corrigir vulnerabilidades. É importante seguir os melhores métodos de segurança, como a validação de entrada de dados, a prevenção de erros de sintaxe e a filtragem de caracteres perigosos. Além disso, as organizações precisam investir em fortes e atualizadas soluções de segurança para garantir a proteção contínua contra os ataques maliciosos.


Extras


O video abaixo ilustra de forma simples o que é o SQL Injection e ainda fornece um exemplo que pode acontecer em um cenário real.

  • https://owasp.org/Top10/en/A03_2021-Injection/

Já conhecia sobre os ataques de SQL Injection? Deixe seu like e comente abaixo sua opinião sobre o assunto!

33 visualizações

Comments


bottom of page