top of page
  • CyberX

10 Curiosidades sobre Ethical Hacking Que Você Não Sabia!

No universo da segurança digital em que a tecnologia evoluiu rapidamente, o ethical hacking ou ‘hacking ético”, é uma prática que visa combater as ameaças cibernéticas ao adotar uma abordagem proativa.


Dessa maneira, os especialistas em segurança digital buscam antecipar e neutralizar brechas de segurança, trabalhando em prol da proteção digital ao utilizarem suas habilidades técnicas para testar e fortalecer sistemas, em vez de explorar vulnerabilidades para fins maliciosos.


O ethical hacking desperta curiosidade e intriga nas pessoas. Enquanto o termo "hacking" geralmente evoca imagens de atividades ilegais e prejudiciais, o ethical hacking é exatamente o oposto. Trata-se de uma abordagem ética que identifica vulnerabilidades em sistemas de computadores e redes, com o objetivo de fortalecer a segurança cibernética.


10 Curiosidades sobre Ethical Hacking


Há inúmeras curiosidades fascinantes sobre este universo digital. Através de técnicas avançadas, ferramentas especializadas e um profundo conhecimento em segurança cibernética, os ethical hackers tornam-se uma linha de defesa vital contra os criminosos. Confira abaixo 10 curiosidades:


1. Pseudônimos renomados: Alguns ethical hackers se tornaram famosos e são conhecidos por seus pseudônimos, como Kevin Mitnick, Adrian Lamo e Gary McKinnon. Eles ganharam destaque por suas habilidades de hacking e pela divulgação de vulnerabilidades em sistemas de alto perfil.

Kevin Mitnick

2. Certificações: Os especialistas possuem certificações reconhecidas, como a Certified Ethical Hacker (CEH) e a Offensive Security Certified Professional (OSCP). Essas certificações comprovam que eles possuem capacidades e conhecimentos necessários para realizar testes de segurança de forma ética e de acordo com metodologias internacionalmente conhecidas. Abaixo temos algumas das várias certificações em cibersegurança.

O que não faltam são certificações em cibersegurança!

3. Caça aos bugs: Muitas empresas e organizações oferecem programas de recompensa por descobertas de bugs como Google, Microsoft e Facebook, oferecendo prêmios em dinheiro para os hackers que encontram e relatam vulnerabilidades.

Fonte: Techcrunch

4. Competições de hacking: Existem competições e eventos de hacking conhecidos como CTFs (Capture The Flag), nos quais os ethical hackers competem para resolver desafios de segurança e encontrar vulnerabilidades. Essas competições ajudam a desenvolver habilidades e a promover o compartilhamento de conhecimento na comunidade de segurança cibernética.

CTF durante a Defcon, um dos maiores eventos hackers conhecidos.Fonte: CNET

5. Ética sempre: A ética é um aspecto primordial do trabalho de um profissional da área. Por ele deve ser seguido um código de conduta estrito e a permissão obtida por escrito antes de desempenhar qualquer teste de segurança. A invasão de sistemas sem autorização é ilegal e leva a consequências graves.


6. Leilões de exploits: Às vezes, hackers éticos vendem exploits e vulnerabilidades descobertas para empresas especializadas em segurança cibernética. Essas empresas podem utilizar esses exploits para ajudar a proteger seus clientes contra ataques maliciosos


7. Hacking em sistemas eletrônicos diversos: O ethical hacking não se limita apenas a sistemas de computador. Abrange também outros dispositivos conectados à Internet, como câmeras de segurança, sistemas de controle industrial, dispositivos móveis e até mesmo veículos autônomos.



8. Hackers governamentais: Além dos ethical hackers independentes, muitos governos têm seus próprios grupos de hackers éticos que trabalham para proteger os interesses nacionais. Esses grupos são conhecidos como "Red Teams" e são empregados para identificar vulnerabilidades em sistemas governamentais e desenvolver estratégias de defesa.


Fonte: U.S Department of Defense

9. Flexibilidade: Eles podem trabalhar de forma independente como consultores de segurança cibernética ou serem contratados por empresas especializadas em testes de segurança de qualquer lugar do mundo, basta um computador com conexão a Internet, apenas isto! Além disso, muitas empresas possuem suas próprias equipes internas de ethical hacking para garantir a segurança contínua de seus sistemas.


10. Carreira emergente: O ethical hacking/cibersegurança é um setor em crescimento e com imensa falta de mão de obra, impulsionada pela crescente conscientização sobre a importância da segurança cibernética e crescente onda de ciberataques. Profissionais com talentos na área são altamente valorizados e têm oportunidades de emprego em setores distintos, incluindo empresas de tecnologia, instituições financeiras, governos e organizações de defesa.

11. (Bônus): Ao contrário de muitas profissões de segurança cibernética, ser um ethical hacker não exige necessariamente um diploma universitário. Embora o conhecimento formal seja valioso e possa ajudar a desenvolver habilidades técnicas, muitos ethical hackers adquirem suas habilidades por meio de aprendizado autodidata, cursos online, participação em comunidades de segurança cibernética e prática prática intensiva. O hacking ético valoriza a experiência prática e a capacidade de pensar de forma criativa para identificar e resolver vulnerabilidades em sistemas, permitindo que indivíduos talentosos ingressem na área sem a necessidade de uma formação acadêmica tradicional.

À medida que a sociedade se torna cada vez mais dependente da tecnologia, a necessidade de proteger os dados pessoais e sistemas contra ameaças cibernéticas se torna uma prioridade absoluta. Ao explorar as técnicas e habilidades dos hackers éticos, podemos criar um ambiente online mais seguro e confiável para todos.


Através de uma abordagem responsável e ética, se pode aproveitar o poder do hacking para o bem, garantindo a integridade de nossas informações e promovendo um mundo digital mais seguro para todos.


Você já conhecia essas curiosidades sobre o Ethical Hacking? Conte para a gente nos comentários!

81 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page